Ilha de São Miguel no Açores – 12 locais a visitar

Ilha de São Miguel

Ilha de São Miguel
12 locais a visitar

São Miguel é uma das 9 ilhas do arquipélago dos Açores. Um pequeno paraíso no atlântico, algures entre os continentes Europeu e Americano.

Qualquer visita aos Açores tem de prever uns dias na ilha de São Miguel. Detentora de uma beleza incomparável, esta ilha verde espanta qualquer visitante, com paisagens de cortar a respiração, uma natureza vibrante, praias, lagoas e montanhas, lugares e lugarejos, gastronomia ou mesmo pelas cidades típicas. Esta ilha, em tão pouco território tem de tudo e mais alguma coisa para oferecer.

Praia dos Mosteiros

Praia dos Mosteiros, Ilha de São Miguel, Açores

Considerada a praia mais bonita da ilha de São Miguel, muito apreciada ao pôr do sol e sempre resguardada pela presença imponente dos ilhéus dos Mosteiros.

No verão, a praia dos Mosteiros, da ilha de São Miguel, é bastante procurada por turistas e veraneantes, quer para banhos quer para a prática da pesca. As piscinas naturais conhecidas como Poço da Pedra são uma atração muito procurada e que não deixa ninguém indiferente com as suas propriedades medicinais. O areal apresenta-se de coloração escura devido à concentração de olivina, um mineral derivado da formação vulcânica da ilha. Apesar de ser pequena, esta praia é excelente para aproveitar os raios de sol na primavera e verão.

Não deixe de visitar o Porto de Pesca, onde é habitual a presença de Maçaricos-galegos.

Furnas

Furnas, Ilha de São Miguel, Açores

As Furnas é uma freguesia do concelho da Povoação, na ilha de São Miguel, nos Açores e um dos principais locais turísticos de todo o Arquipélago do Açores. Este local, encerra em si muitas atrações e pontos de interesse, mas todos eles convergem de um ponto central, a atividade vulcânica do local através das formações geológicas e atividade humana.

As águas termais, caldeiras, gêiseres e piscinas térmicas, o Parque Terra Nostra e a Poça da Dona Beija, a Lagoa das Furnas e a gastronomia local, mundialmente conhecida pelo Cozido das Furnas (Cozido de carnes ou de bacalhau à Portuguesa que após preparação com produtos locais é colocado em “fornos” naturais, sob o solo vulcânico, onde fica a cozinhar lentamente durante horas nestas “cozinhas naturais”).

O Vulcão das Furnas é um dos três vulcões centrais ativos na Ilha de São Miguel, nos Açores.

Ponta da Ferraria

Miradouro da Ponta da Ferraria ou Miradouro da Ilha Sabrina, Ponta da Ferraria, Ilha de São Miguel, Açores

Classificado como Monumento Natural do Pico da Camarinhas – Ponta da Ferraria para conservação e proteção ambiental do composto de estruturas vulcânicas que o caracterizam.

A vista panorâmica sob a fajã lávica e Farol da Ferraria que se obtêm do Miradouro da Ponta da Ferraria, também denominado de Miradouro da ilha Sabrina é imperdível, proporcionando momentos de relaxamento e fotos de beleza rara.

Lá em baixo, em resultado do fajã ou delta lávico (nome dado um terreno plano, em geral cultivável, de pequena extensão, situado à beira-mar, formado de materiais desprendidos das arribas ou por deltas lávicos resultantes da penetração no mar de escoadas de lava provenientes da vertente) e de outros eventos geológicos, Ponta da Ferraria é brindada com águas termais e piscina naturais.

O relaxamento e descanso nas águas com temperaturas que poderão atingir os 30º C e o calor das rochas, são experiências que já mais irá esquecer.

O SPA Termal dispõem de tratamentos para problemas relacionados com reumatismo e nevrites.

Lagoa das Sete Cidades

Lagoa das Sete Cidades, Ilha de São Miguel, Açores

Imagem de marca da ilha de São Miguel e até dos Açores em geral, a vista panorâmica que se obtêm do miradouro da Vista do Rei, sob a Lagoa das Sete Cidades é sem dúvida esplêndida e vibrante pela combinação de cores que a flora e a Lagoa emprestam á cena. Também por isso, é alvo de uma solicitação maior por parte dos turistas.

Lagoa das Sete Cidades, Ilha de São Miguel, Açores

O miradouro das Cumeeiras, oferece uma vista do lado oposto ao miradouro da Vista do Rei, de igual beleza paisagistica, oferece a calma e o relaxamento pelo facto de ser muito menos conhecido.

Tons de azul e verde sobressaem dos lagos naturais em especial em dias de sol. A Lagoa das Sete Cidades é o maior lago de água doce nos Açores com uma área de cerca de 4,45 quilómetros e uma profundidade de 33 metros. A Lagoa, apesar de ser uma só, apresenta duas colorações diferentes e por isso, foi-lhes atribuídos dois nomes diferentes aos dois lados da lagoa, a Lagoa Verde e a Lagoa Azul. A dupla coloração das suas águas é separada por um canal pouco profundo, atravessado por uma ponte baixa que separa de um lado um espelho de águas de tom verde e, do outro, um espelho de tom azul.

A sua formação deve-se ao colapso sucessivo das formações rochosas, constituindo-se numa das maiores caldeira de abatimento em todo o mundo.

Pela sua relevância e importância ambiental foi classificada como Paisagem Protegida da Rede Natura 2000.

A sua existência ao longo de séculos e em especial à sua coloração tem vinda a ser associada a mitos e lendas, em especial à existência da Atlântida e da lenda da princesa e do pastor no reino das Sete Cidades

Lagoa do Fogo

Lagoa do Fogo, Ilha de São Miguel, Açores

Na zona central da ilha de São Miguel, localizada sobre o grande vulcão do Fogo, também conhecido como vulcão Água de Pau, encontra-se provavelmente a mais bela lagoa dos Açores, a Lagoa do Fogo. Dada a sua localização, no cima da montanha da Serra do Pau, que se eleva a 947 metros, é a lagoa que se encontra mais elevada na ilha de São Miguel, cerca de 575 metros.

A sua forma elíptica de grandes dimensões forma a caldeira de um vulcão com cerca de 15 000 anos e é rodeada por uma vegetação densa e exuberante.

A sua última erupção ocorreu em 1563.

Classificada como reserva natural em 1974, mantém a sua paisagem original, praticamente sem intervenção humana.

A paisagem é deslumbrante, independentemente do ponto de vista, no entanto deverá destacar-se o miradouro da Barrosa e o miradouro da Lagoa do Fogo de uma perspectiva mais elevada e da Praia do Fogo ao nível da lagoa. Esta praia foi nomeada em 2012 para a 7 maravilhas – Praias de Portugal.

Quem adora a natureza, caminhar entre os trilhos ou fotografar não deve deixar de visitar.

Ponta Delgada

Ponta Delgada, ilha de São Miguel, Açores

Com mais de 500 anos de história, Ponta Delgada é considerada como a capital económica da ilha de São Miguel e inclusive dos Açores.

A sua riqueza histórica transborda a cada esquina e é uma das cidades mais bonitas de todo o arquipélago.

Deixe vaguear pelas ruas e ruelas de Ponta Delgada, pelo passeio marítimo e pelo mercado da Graça e pelo caminho delicie-se com as bonitas igrejas, monumentos, pela arte urbana e pelos museus, pelos jardins e pelo forte, não deixando de ver a Gruta do Carvão onde poderá observar os maior túneis subterrâneos escavados pela força da lava vulcânica.

Rabo de peixe

Rabo de Peixe, Ilha de São Miguel, Açores

Rabo de peixe é uma pequena vila e freguesia do concelho da Ribeira Grande e uma das mais pitorescas da ilha de São Miguel. As suas populações dedicam-se na sua grande maioria à arte da pesca e da agricultura e dispõem as suas casas na escarpas defronte para o Oceano Atlântico.

Não deixe de se passear pelas ruas e ter contacto com os locais e apreciar o colorido de algumas ruas onde a casas são pintadas com cores vibrantes.

Ilhéu de vila Franca do Campo

Ilhéu de Vila Franca do Campo, ilha de São Miguel, Açores

A um quilómetro de Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel, o ilhéu é “um pequeno paraíso” que outrora já foi um vulcão. Segundo a Forbes uma pérola escondida.

Reserva natural desde 1983, este ilhéu é a cratera de um antigo vulcão e atualmente uma das principais atrações da ilha de São Miguel.

Situado acerca de 500 metros da costa de Vila Franca e a 1200 metros do cais do Tagarete no centro da vila, este ilhéu fica na costa sul da ilha de São Miguel nos Açores. O acesso faz-se apenas por mar.

A paisagem natural e o ambiente tranquilo fazem deste local o refúgio ideal para qualquer um. Normalmente, os visitantes chegam de manhã e aproveitam o dia inteiro para visitar e explorar o ilhéu e banhar-se nas águas azul torquesa na pequena praia dentro da cratera.

Este local já foi palco dos Red Bull Cliff Diving Series e este ano estava prevista nova ronda para 6 de Setembro de 2020, mas devido à pandemia todo o circuito foi cancelado.

Chá de Gorreana

Fábrica de Chá Gorreana, ilha de São Miguel, Açores

Bem-vindo à Gorreana…
… a mais antiga ,e atualmente única, plantação de chá da Europa. Cultivamos este produto maravilhoso que é o chá desde 1883,mantendo desde então as tradições originais do oriente e as qualidades ancestrais há já 5 gerações familiares.

Visita Imperdivel, a história da empresa, a história do chã, o que é o chã, como se cultiva, como se prepara e como se bebe.

Poça de Dona Beija

Poça de Dona Beija, Ilha de São Miguel, Açores

Inicialmente era apenas um poço na freguesia das furnas, na ilha de São Miguel e frequentado apenas pelos locais e era denominado como “Levada do Tio Chico Brasil”.

No passado a águas férreas eram utilizadas para irrigar as plantações de inhames (lameiros), como fertilizante natural daquele tubérculo.

No final da década de 80, segundo o legado popular, terá sido um pároco o primeiro a utilizar as propriedades medicinais destas águas, a afluência às mesmas foi crescendo até que é feita uma intervenção governamental.

O seu nome, advém da novela brasileira “Dona Beija” e da imagem da personagem a banhar-se numa cachoeira (cascata pequena). ANteriormente era conhecida como “poço da Juventude”, Água do Poço” ou “Poça do Paraíso”.

Mais recentemente foi concessionada a exploração a privados que efetuaram obras de modernização e ampliação, contando atualmente com 5 piscinas termais, balneários e uma loja de recordações.

“Espaço místico de lazer e relaxamento, imerso na exuberante natureza Açoriana, de águas quentes termais oriundas de uma nascente férrea.”

Parque Terra Nostra

Parque Terra Nostra, Ilha de São Miguel, Açores

Ao visitar a ilha de São Miguel não pode deixar de conhecer o Parque Terra Nostra, localizado no Vale das Furnas.

O Parque Terra Nostra é um jardim botânico português localizado no Vale das Furnas, concelho da Povoação, ilha de São Miguel, aquipélago dos Açores.

Considerado um dos mais bonitos do mundo pela revista Condé Nast Travel.

Este jardim botânico no vale das furnas tem mais de 600 géneros de camélias e a maior coleção de cicas da Europa. Criado em 1780 pelo cônsul dos Estados Unidos, como residência de verão.

Para além de uma enorme variedade de plantas e árvores, conta com lagos, riachos e uma piscina de origem vulcânica

Caldeira Velha

Caldeira Velha, ilha de São Miguel, Açores

A Caldeira Velha faz parte de um Monumento Natural e Regional, a diversidade biológica e as piscinas naturais na encosta da floresta da Serra da Água de Pau, localiza-se no concelho da Ribeira Grande, ilha de São Miguel nos Açores.

Com uma temperatura média de 34º C, estas poças de águas termais formam paisagens exóticas e belas, acompanhando de grande relaxamento e tranquilidade.

CITACÕES

Uma ótima experiência


O pequeno almoço fantástico; colaboradores super simpáticos e muito prestáveis; conforto do quarto; atenção da Margarida; ambiente familiar. Local ideal para relaxar e passar uns dias longe da confusão num lugar calmo e muito acolhedor.

Daniela
25 de Setembro
visto em Booking
2019 Quinta da Abelheira, Todos os direitos reservados
Desenvolvido por: